quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Gratidão

Resultado de imagem para gratidão

Quando o sentimento de gratidão faz guarida em nosso mundo íntimo, tudo se torna mais ameno e feliz.
Uma sensação de leveza, paz, tranquilidade e quietude enseja-nos uma postura de harmonia com o Criador de todas as coisas.
A vida agitada e sem planejamento, a faina diária recheada de queixas e azedumes, produzem, nos invigilantes, a falta de gratidão por tudo de bom que nos é concedido, embora nem sempre mereçamos.
Se observarmos bem, constataremos que existem motivos de sobra para sermos gratos.

Decisão

Resultado de imagem para decisão na vida

A postura adotada pelas pessoas que vivem protelando a resolução dos seus problemas, é típica das personalidades indecisas.
Um emprego que desagrada, a permanência em um relacionamento que não plenifica nem a um nem ao outro, uma situação embaraçosa que reclama agilidade para ser sanada enfim, uma série de situações que nos impelem ao sofrimento desnecessário.
Quantos males poderiam ter sido evitados, se a decisão fosse tomada antes?
Muitas vezes determinado órgão do teu corpo adoeceu e a junta médica advertiu-te da urgência de uma cirurgia.  Entretanto, estás sempre procrastinando, o que redundará em uma situação mais grave.

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Qual é o real valor de um homem?

Resultado de imagem para Qual é o real valor de um homem?

A lenda conta que certa mulher pobre, com uma criança ao colo, passando diante de uma caverna, escutou uma voz misteriosa que dizia lá de dentro:
Entra e apanha tudo o que desejares, mas não te esqueças do principal!!!
Lembra-te, porém, de uma coisa:  Depois de saíres, a porta fechar-se-á para sempre.
Portanto, aproveita a oportunidade, não te esqueças do principal!!

Jesus e a Boa Nova

Resultado de imagem para jesus e boa nova

A manjedoura assinalou o início
De sua nobre missão salvadora,
Vindo à Terra no instante propício,
Trazendo a “Mensagem Redentora”,
Deixando-nos esse “Código Divino”
Exarado nas páginas da “Boa Nova”.

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Livre-arbítrio e Responsabilidade

O livre-arbítrio é a faculdade que tem o indivíduo de determinar a sua própria conduta – As Leis Morais – Rodolfo Calligaris
livre-arbítrio, é a condição básica para que a pessoa programe a sua vida e construa o seu futuro entendendo, porém, que os direitos, limitações e capacidades individuais devem ser respeitados pelas regras da vida em sociedade.
Deus nos deu a liberdade e o livre-arbítrio como instrumentos de felicidade. A liberdade nos é concedida para que possamos ter uma visão mais lúcida de nós mesmos e das demais pessoas, de forma a discernir que papel devemos exercer na sociedade, quais são os nossos limites e possibilidades, assim como os dos semelhantes.

Lei de Liberdade

pensamento e pensar são, respectivamente, uma forma de processo mental ou faculdade do sistema mental. Pensar permite aos seres modularem o mundo e com isso lidar com ele de uma forma efetiva e de acordo com suas metas, planos e desejos. O pensamento é considerado a expressão mais “palpável” do espírito humano, pois através de imagens e ideias revela justamente a vontade deste.
O principal veículo do processo de conscientização é o pensamento. A atividade de pensar confere ao homem “asas” para mover-se no mundo e “raízes” paraaprofundar-se na realidade.
Segundo o filósofo Descartes (1596-1650), a essência do homem é pensar”. (Por isso dizia): “Sou uma coisa que pensa, isto é, que duvida, que afirma, que ignora muitas, que ama, que odeia, que quer e não quer, que também imagina e que sente”. (Logo quem pensa é consciente de sua existência) “penso, logo existo”.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

O Bem e o Mal na Visão Espírita

Qual é a diferença entre o bem e o mal?
O que é o Bem?

É aquilo que enseja as condições ideais ao equilíbrio, à manutenção, ao aprimoramento, ao progresso de uma pessoa ou de uma coletividade.  É o conjunto de princípios fundamentais propícios ao desenvolvimento e ao aperfeiçoamento moral, quer dos indivíduos, quer da comunidade.  É o conjunto de fatores adequados a colocar e manter cada indivíduo no ápice de sua realização pessoal.  Aquilo que traz alívio, vantagens, bem-estar, cuja posse ou processo (física ou espiritual) julga a coletividade ser conveniente à manutenção e ao progresso do homem.  (Definição dada pelo Dicionário Eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa)O que é o Mal?
O que é prejudicial ou fere; o que concorre para o dano ou a ruína de alguém ou de algo; o que é nocivo para a felicidade ou o bem-estar físico ou moral.  Atitude má, consequência, efeito nocivo, desastroso.  O que acarreta destruição ou dano; estrago, prejuízo, calamidade, desgraça, infortúnio, doença, enfermidade, pesar, aflição, mágoa, sofrimento, defeito, imperfeição.  (Definição dada pelo Dicionário Eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa)

Jesus Guia e Modelo da Humanidade

Desde os tempos mais remotos da humanidade, que o homem precisa aprender a lidar com os seus medos, suas inseguranças, angústias e de todos os tipos de dificuldades encontrados na sua caminhada.
De acordo com a questão 625 do Livro dos Espíritos, Kardec pergunta aos espíritos qual o tipo mais perfeito que Deus tem oferecido ao homem, para lhe servir de guia e modelo?  “JESUS”.
Para o homem, Jesus constitui o tipo da perfeição moral a que a Humanidade pode aspirar na Terra. Deus no-lo oferece como o mais perfeito modelo e a doutrina que ensinou é a expressão mais pura da lei do Senhor, porque, sendo ele o mais puro de quantos têm aparecido na Terra, o Espírito Divino o animava.Jesus não veio destruir a lei, isto é, a lei de Deus; veio cumpri-la, isto é, desenvolvê-la, dar-lhe o verdadeiro sentido e adaptá-la ao grau de adiantamento dos homens.
Combatendo constantemente o abuso das práticas exteriores e as falsas interpretações, por mais radical reforma não podia fazê-las passar, do que as reduzindo a esta única prescrição: “Amar a Deus acima de todas as coisas e o próximo como a si mesmo”, e acrescentando: aí estão a lei toda e os profetas.
Mas, o papel de Jesus não foi o de um simples legislador moralista, tendo por exclusiva autoridade a sua palavra. Cabia-lhe dar cumprimento às profecias que lhe anunciaram o advento; a autoridade lhe vinha da natureza excepcional do seu Espírito e da sua missão divina. Ele viera ensinar aos homens que a verdadeira vida não é a que transcorre na Terra e sim a que é vivida no reino dos céus; viera ensinar-lhes o caminho que a esse reino conduz, os meios de eles se reconciliarem com Deus e de pressentirem esses meios na marcha das coisas por vir, para a realização dos destinos humanos.