quarta-feira, 28 de junho de 2017

Religião ou Espiritualidade?

Resultado de imagem para religião ou espiritualidade
A religião não é apenas uma, são centenas.
A espiritualidade é apenas uma.
A religião é para os que dormem.
A espiritualidade é para os que estão despertos.
A religião é para aqueles que necessitam que alguém lhes diga o que fazer e querem ser guiados.
A espiritualidade é para os que prestam atenção à sua Voz Interior.
A religião tem um conjunto de regras dogmáticas.
A espiritualidade te convida a raciocinar sobre tudo, a questionar tudo.

Ingredientes do Êxito

Imagem relacionada
O êxito espera por você, tanto quanto, vem exaltando quantos lhe alcançaram as diretrizes. Largue qualquer sombra do passado ao chão do tempo, qual a árvore que lança de si as folhas mortas.
Não se detenha, diante da oportunidade de servir.
Mobilize o pensamento para criar vida nova.
Melhore os próprios conhecimentos, estudando sempre.
Saliente qualidades e esqueça defeitos.
Desenvolva os seus recursos de simpatia e evite qualquer impulso de agressão.

O Efeito do Passe em Crianças

Imagem relacionada
Mateus, 19 – 13, 14, 15. Então lhe trouxeram algumas crianças para que lhes impusesse as mãos, e orasse; mas os discípulos os repreenderam. Jesus, porém, disse: Deixai as crianças e não as impeçais de virem a mim, porque de tais é o reino dos céus. E, depois de lhes impor as mãos, partiu dali.
Interessante como, já ao tempo de Jesus, muitos sabiam da necessidade das crianças serem tocadas, receberem o influxo magnético de uma fonte de energias revigorantes.
Impressiona que, juntamente com isso, àquela época também havia a tentativa de impedimento, o querer estabelecer-se regras ou proibições.
Ao que se percebe no texto evangélico, as crianças não estavam, necessariamente, portando enfermidades; simplesmente elas foram trazidas até Ele e, colocadas ao seu redor, foi solicitado ao Mestre que impusesse suas mãos sobre elas.

domingo, 28 de maio de 2017

A Divulgação da Palavra de Deus

Resultado de imagem para A Divulgação da Palavra de Deus

“É chegada a hora de unir vossos esforços em torno de um ousado trabalho de conscientização de massas. Cultivastes por todo esse tempo em terreno inóspito para a semeadura de grão tão nobre e pudestes ver que em pedregulho a raiz não pode aprofundar. A maioria dos irmãos ditos espíritas não têm a condição conferida pela humildade de absorver princípios tão superiores, pois encontram-se envolvidos na ilusão da superioridade espiritual, plantada no seio do movimento espírita pelos falsos mestres e pseudo-sábios que falaram pela boca de médiuns e escritores orgulhosos e vaidosos de seu saber.
A esses, caros irmãos, nada tendes mais a dizer, pois virarão as costas a vós, cuspirão em seus rostos as melífluas palavras de falsa caridade, vos considerando tolos e a serviço das trevas. Vós tendes um novo trabalho a desempenhar a partir de agora. Preparai-vos, pois muitas dores e sacrifícios serão necessários para o estabelecimento de uma nova ordem. Não uma nova ordem de idéias, pois elas estão postas no mundo há séculos e são as mesmas que animaram todos os mestres do Cristianismo, no passado, e agora precisa prevalecer em mundo entregue aos desmandos nefastos no materialismo.  Vossa tarefa é a pregação da Palavra de Deus. Não importa a quem. Pregareis o Bem a quem quiser ouvir, ricos e pobres, nobres ou plebeus, ignorantes ou letrados. Pregareis aos orgulhosos, aos idólatras, aos adúlteros, aos viciosos, aos invejosos, enfim aos impiedosos de todos os tempos, a fim de que tenham a oportunidade de ouvir falar de Jesus com o complemento da racionalidade da Doutrina dos Espíritos. É imperioso que a Lei seja posta aos homens com a clareza do pensamento kardequiano, pois só assim Ela terá sentido e dará sentido à vida dos que se encontram no erro e envolvidos com suas próprias inferioridades.

A Nova Ordem

Resultado de imagem para a nova ordem espiritismo
“Que as claridades do mundo maior possam iluminar vossos Espíritos nesta caminhada terrena, novos apóstolos da fé! Queremos alerta-los para o grave momento em que viveis em vossas experiências como trabalhadores do Senhor. Sabeis que abraçais tarefa de grande responsabilidade e somente podereis ter êxito nesta empreitada se vos dispuserdes a compreender a natureza dela. Sois servos de Deus e fostes chamados ao santo ministério de disseminação da Palavra aos homens por vossa boa vontade em servir.
Tendes, porém, que vos revesti do conhecimento sobre o terreno em que pisais a fim de que não permitais que as cobras e serpentes vos mordam pelo caminho. Estais incumbidos de vivenciar e espalhar as verdades da doutrina de Jesus à luz dos ensinos dos Espíritos superiores. A Terceira Revelação vos foi deixada por Allan Kardec para que pudésseis compreender melhor o que quis dizer Jesus em seus discursos e vos trazer um entendimento superior sobre a vida e suas conseqüências.  
Deveis compreender, porém, que os homens ao longo dos séculos, construíram um edifício de pensamento no qual depositaram todos os seus interesses de poder e ganho e colocaram nele o nome de religião. Utilizaram-se da mensagem trazida por Jesus para atrair o maior número de pessoas possível para suas hostes, construindo assim um império temporal, porém muito poderoso.

Amai-vos uns aos outros

Resultado de imagem para Amai-vos uns aos outros
“Queridos irmãos, que a graça de Deus seja convosco. Vós tendes necessidade de ajudar-vos uns aos outros, seguindo o exemplo do Mestre e atendendo às vossas palavras que diz: “Amai-vos uns aos outros; façais aos outros  o que gostaria que os outros vos fizessem”. Se pudésseis orientar vossas vidas por estas palavras, certamente seríeis mais felizes e não haveriam tantos sofrimentos.
É necessário vos preocupar com as necessidades do vosso irmão, pois sabeis que a tendência do homem é atender aos próprios interesses e esquecer-se das necessidades daqueles que estão a sua volta. O que para vós é supérfluo, para vosso irmão, muitas vezes, é o sustento, capaz de conceder a ele uma vida mais digna.  
O egoísta não progride porque entende a vida e vê o mundo somente através de suas lentes, não sendo capaz de enxergar nada que vá além dos seus próprios interesses. Quantos são os necessitados deste vosso mundo, e podeis auxilia-los em muitas situações, levando-lhes o pão material e principalmente o pão espiritual, o único capaz de livra-lo das suas aflições. Poderia ser vós a viver esta situação, pois não conheceis plenamente a vossa intimidade, portanto, não sabeis das necessidades que tendes para ajustar vosso Espírito.